Exercite-se sem sair de casa!

A importância de se exercitar não está ligada somente à perda de peso. A prática regular de exercícios físicos ajuda a mente. Na verdade, trata-se de uma excelente forma de manter o equilíbrio, ajudando a mente a relaxar. A saúde física e mental estão em jogo quando, por ventura, acabamos por ignorar a necessidade da realização de exercícios físicos e nos submetemos à uma vida de sedentarismo.

Cada um com sua justificativa: seja a falta de tempo, a impossibilidade de acrescentar ao orçamento ou a crença de que não é necessário. Mas na verdade, exercícios físicos não precisam ser vistos dessa forma – podem ser divertidos, fáceis e até feitos em casa, para aqueles que não possuem tempo nem dinheiro para se matricular em algum tipo de atividade física.

Felizmente, as pessoas estão se conscientizando da importância de práticas saudáveis no dia a dia e, com isso, crescem as opções de exercícios em casa e a facilidade de adquirir certos equipamentos para treinar em casa. São vários os exercícios possíveis de serem realizados no próprio lar, e dentre eles, se destacam os mais fáceis e acessíveis.

exercicios com cordas

As atividades aeróbicas merecem destaque quando o assunto é atividade física: além da perda de peso, são excelentes para o condicionamento físico, e por isso são muito recomendadas. Dentre elas, se destacam três exercícios fáceis, práticos e que não pesam no bolso: o treino de escadas, que consiste no ato de subir e descê-las, começando com 2 – 3 séries de 15, e aumentando a ocorrência na medida em que o corpo começa a ficar confortável; cordas – trata-se de uma atividade aeróbica poderosa onde, por exemplo, 1 minuto seguido equivale à 10 minutos de esteira, é uma atividade capaz de mexer com muitas partes do corpo, proporcionando um exercício completo e eficiente. A terceira opção de exercício que pode ser realizado em casa são as abdominais – essas são capazes de fortalecer os músculos, além de ajudar a sumir com aquela barriguinha que não lhe pertence.

Vale levar em consideração que nenhum exercício físico é eficaz se não houver um comprometimento completo – é necessário que exista uma educação alimentar, para complementar as atividades e ajudar com que o objetivo seja alcançado.