Concurso público para advogado. Quais as exigências?

Não é apenas a vontade de advogar que atrai muitos alunos a fazerem uma faculdade de Direito. Há também aqueles que o fazem, e são muitos, já pensando em buscar uma vaga pública. Entre os principais motivos estão a estabilidade profissional e a tranquilidade de poder se programar, uma vez as demandas tendem a ser bem menores. E claro, não se pode deixar de citar a questão da remuneração que, em se tratando de carreiras jurídicas, costumam ser altíssimas.

Mas claro, para participar desse tipo de certame é imprescindível, além de ter a graduação concluída em Direito, também ser aprovado no Exame da Ordem dos Advogados do Brasil, pois sem isso nem adianta tentar. Há casos onde também é cobrada experiência na área, por tanto é bom ficar de olho caso o edital enfatize essa situação.

São inúmeros os órgãos que costumam oferecer oportunidades para graduados em Direito nos seus concursos, entre eles Tribunais Regionais Federais, Tribunais de Justiça, Tribunais Regionais Eleitorais, Superior Tribunal de Justiça, Supremo Tribunal Federal, Superior Tribunal Militar, Tribunal Superior Eleitoral, Tribunal Superior do Trabalho, Tribunal de Contas da União, Ministérios Públicos, Defensorias Públicas, Procuradorias, além é claro, de Polícias Civis, Prefeituras e Câmaras.

No que diz respeito a cargos, as opções também são muitas, sendo as mais frequentes para Advogado, Juiz, Promotor de Justiça, Procurador, Defensor Público e Delegado de Polícia.

As exigências costumam ser pesadas, principalmente no que diz respeito ao conteúdo cobrado nas provas. E entre as disciplinas cobradas com mais frequência estão Direito Administrativo, Direito Constitucional, Direito Penal, Direito Processual e Direitos Humanos. Claro, outras áreas também podem constar no conteúdo programático, por isso mais uma vez a importância de uma análise detalhada do concurso advogado que você quer tentar.

Bom, mas antes de mais nada você já viu que de nada adianta sonhar com uma vaga pública se você ainda não garantiu sua Carteira de Advogado sendo aprovado no Exame de Ordem. E sabe qual a forma mais fácil de assegurar isso? É simples! Assistindo videoaulas!

Somente um curso OAB com videoaulas te prepara eficazmente pois, ao contrário das apostilas, te transmitem todo conteúdo necessário de forma dinâmica, já que a duração é de apenas 30 minutos.

Essas mesmas videoaulas têm outros dois diferenciais fundamentais. O primeiro é o fato de apresentarem apenas conteúdos que realmente serão cobrados nas provas. Nada de enrolação! Nada de conteúdo desnecessário! Você vai direto ao ponto. E o segundo é estarem organizadas em formato de plano de estudos, ou seja, na ordem exata em que devem ser assistidas. Te dando assim economia máxima de tempo.

E por fim, mas tão importante quanto, além de vídeo aula OAB, também é fundamental que você tenha acessa a uma plataforma com todas as questões da história do Exame de Ordem à sua disposição. Pode ter certeza que esse treinamento faz uma enorme diferença no seu resultado, pois é possível testar seus conhecimentos e simular como seria o dia do Exame propriamente dito, ganhando ainda experiência e segurança.

Leve em consideração essas dicas, dedique-se, e pode ter certeza que logo você terá em mãos sua Carteira de Advogado e estará muito mais próximo de conquistar a vaga jurídica dos seus sonhos.